RED LIGHT: Sexualidade e representação na Coleção Norlinda e José Lima
26 setembro 2020 — 4 julho 2021
Curadoria...: Sandra Vieira Jürgens

RED LIGHT apresenta uma seleção de obras da Coleção Norlinda e José Lima, tendo como ponto comum a abordagem à sexualidade, desdobrada em múltiplos tópicos, tanto apresentados em complemento contrapontístico como em confronto dissonante: a representação do corpo, a nudez masculina e feminina, o erotismo, a fantasia, o desejo e a dor, o objecto e o sujeito, o prazer e a dominação, os lugares da representação feminina, o olhar masculino, o voyeurismo, o exibicionismo e a autorepresentação na arte.

Falar de sexualidade e da relação entre corpos durante uma pandemia que obriga ao retraimento e mesmo à abstenção de contacto físico é também reflectir sobre as consequências do distanciamento enquanto ele se exerce. A fragilização simultânea do indivíduo e da comunidade, condicionados pelo medo do contágio, que espaço e que condições permite ao desejado encontro coletivo e individual dos corpos? E que papel pode ter a evocação do erotismo (ou a vocação erótica) da arte na reavaliação do desejo e do risco numa sociedade doravante mais atenta ao significado e implicações da proximidade física?

As obras expostas organizam-se à margem de uma visão monolítica do tema, da cronologia e da tentativa de categorização de movimentos, misturando diferentes origens e períodos. A exposição integra trabalhos de mais de setenta artistas, entre os quais Alberto García-Alix, Albuquerque Mendes, Álvaro Lapa, Andres Serrano, Eduardo Arroyo, Graça Pereira Coutinho, Gonçalo Pena, João Maria Gusmão + Pedro Paiva, João Penalva, Júlia Ventura, Pedro Casqueiro, Mauro Cerqueira, Muntean/Rosenblum, Nancy Spero, Rosa Carvalho, Ricardo Valentim, Vasco Barata e Sam Samore.

A partir deste panorama transgeracional, de múltiplas abordagens a uma dimensão essencial e fundamental da existência, RED LIGHT cria um espaço liberto de convenções, moralismos e manifestos, que convida ao contacto sensitivo e intuitivo com as obras, reivindicando o prazer visual e assumindo a atração do erotismo pictórico e fotográfico.

Sandra Vieira Jürgens Curadora e historiadora de arte. Coordenadora e professora auxiliar convidada da Pós-Graduação em Curadoria de Arte na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa. Professora auxiliar e coordenadora da Licenciatura em Fotografia e Cultura Visual do IADE – Faculdade de Design, Tecnologia e Comunicação (Universidade Europeia). É investigadora no Instituto de História da Arte (IHA-FCSH, Universidade NOVA de Lisboa). É autora do livro “Instalações Provisórias: Independência, autonomia, alternativa e informalidade. Artistas e exposições em Portugal no século XX” (2016). Dirige as plataformas digitais Wrong Wrong e raum: residências artísticas online.

Artistas

Alberto García Alix
Albuquerque Mendes
Álvaro Lapa
Ana Cardoso
Ana Laura Aláez
André Cepeda
Andres Serrano
Ângelo de Sousa
António Trindade
Artur Cruzeiro Seixas
Bernard Rancillac
Carlos Figueiredo
Carlos Lobo
Carlos Vidal
Carmen Calvo
Cindy Sherman
Eduardo Arroyo
Enrique Marty
Fernão Cruz
Francisco Relógio
Gonçalo Pena
Graça Pereira Coutinho
Graça Sarsfield
Helena Abreu
Ilda David
Jacques Monory
João Gabriel
João Maria Gusmão + Pedro Paiva
João Onofre
João Pedro Vale
João Pedro Vale + Nuno Alexandre Ferreira
João Penalva
João Tabarra
João Vilhena
Joaquim Bravo
Joaquim Rodrigo

Jorge Galindo
José de Guimarães
Júlia Ventura
Julião Sarmento
Júlio Pomar
KCHO
Leonel Moura
Luís Demée
Manuel Botelho
Mário Cesariny
Mauro Cerqueira
Miguel Palma
Muntean/Rosenblum
Musa paradisiaca
Nan Goldin
Nancy Spero
Nelson Leirner
Nikias Skapinakis
Nobuyoshi Araki
Paula Sousa Cardoso
Paulo Nozolino
Pedro Casqueiro
Pedro Proença
Pedro Tudela
Raúl Perez
Ricardo Valentim
Rigo 23
Robert Longo
Rosa Carvalho
Rui Chafes
Sam Samore
Santiago Ydáñez
Tiago Baptista
Vanessa Beecroft
Vasco Barata
Vicente de Mello

Vistas de exposição © Dinis Santos

Obras em destaque

Nancy Spero, Dancers, 1995 © André Rocha

Albuquerque Mendes, Autorretrato com anzol, 1991 © André Rocha

Tiago Baptista, O que fazer com estas imagens, 2012 © cortesia 3+1 Arte Contemporânea

Rigo 23, Mujeres Autónomas Feministas Atrevidas Libres Divertidas Alegres Solidarias, 2012 © Aníbal Lemos

Nancy Spero, Dancers, 1995 © André Rocha

Albuquerque Mendes, Autorretrato com anzol, 1991 © André Rocha

Tiago Baptista, O que fazer com estas imagens, 2012 © cortesia 3+1 Arte Contemporânea

Rigo 23, Mujeres Autónomas Feministas Atrevidas Libres Divertidas Alegres Solidarias, 2012 © Aníbal Lemos

Visita à exposição pela curadora Sandra Vieira Jürgens


ATIVIDADES PARALELAS

BREVEMENTE

Visita orientada por monitor do Projeto Educativo
2 de maio de 2021 | 11h00

Informações
Duração: 60 minutos
Acesso: 2,00€ por participante
Público-alvo: geral
Lotação: limite máximo de 10 participantes (inscrição prévia através do email centrodearteoliva@cm-sjm.pt até às 18h00 do dia anterior)


PASSADAS

Visita orientada por Ana Maçã, monitora do Projeto Educativo
6 de dezembro de 2020 | 11h00
Visita orientada por Sandra Vieira Jürgens, curadora da exposição
8 de outubro de 2020 | 17h00

Folha de sala



Download