Feixe de Luz: Escultura Projetada, Cinema Exposto
22 outubro 2022 — 19 fevereiro 2023
Curadoria: Andreia Magalhães

Dedicada às relações formais e conceptuais entre o cinema e a escultura, a exposição Feixe de luz: escultura projetada, cinema exposto desvenda um século de diálogo entre estas duas artes e explora um processo recíproco de profunda transformação, que se desdobrou e complexificou ao longo de todo o século XX e até aos dias de hoje. O filme como documento que se converte em obra, o filme como possibilidade de encenação e performatividade da escultura, o filme como possibilidade de síntese de opostos (material/imaterial; sombra/luz; volume/projeção; efémero/ perpétuo), mas também a escultura como dispositivo produtor de imagens são algumas das dimensões que percorrem esta exposição.

Artistas Constantin Brancusi, Mary Ellen Bute, Hollis Frampton, João Maria Gusmão + Pedro Paiva,  Nancy Holt, Mark Leckey, Babette Mangolte, Lis Rhodes, Susanne Themlitz, Fischli & Weiss  e Francisco Tropa.

PROGRAMA COMPLEMNETAR E FINISSAGE 

17 de fevereiro
ENSAIO ABERTO DO CONSERVATÓRIO DE DANÇA DO NORTE 
Durante o período de abertura da exposição a equipa do Projeto Educativo do Centro de Arte Oliva encontrou-se com as turmas do Conservatório de Dança do Norte, Escola de Dança Ana Luísa Mendonça. Estas sessões foram estimuladas pelo movimento dos corpos que ocupam os filmes e obras em exposição com que os jovens bailarinos estabeleceram uma relação e interação. Depois de duas sessões livres que muito nos entusiasmaram, em que os jovens bailarinos foram convidados a improvisar na sala de Light Music de Lis Rhodes, realizamos um terceiro ensaio, desta vez aberto ao público.

Horário: sexta-feira às 18h00 / Duração: 40 min. / Lotação: 30 pessoas
Acesso: gratuito

18 de fevereiro
OFICINA PARA FAMÍLIAS
Transforma Som. A Corda, o Barulho! com Joana Ribeiro.
Todas as coisas têm um barulho guardado, adormecido, à espera de ser acordado… Nesta oficina vamos despertar os sons das coisas, vamos conhecê-los e dar-lhes expressão com uma boa dose de improvisação! Afinal, a música é só barulho ao ritmo do coração! Em tom, vamos acordar o som?

Horário: sábado às 15h00 / Duração: 120 min.
Público-alvo: famílias (crianças e adolescentes acompanhados pelos pais, tios, avós ou irmãos)
Acesso: 5,00€ por família (aplicam-se descontos)

FINISSAGE  / 19 de fevereiro
Ballets Mecânicos: Sessão de Filmes
Uma seleção de filmes que poderiam ter sido expostos em Feixe de Luz descortinam relações particulares entre a dança, o cinema e a escultura: coreografias de esculturas em movimento, os corpos em relação com a escultura e esculturas em fuga do museu compõem o programa.

◉ László Moholy-Nagy, Ein Lichtspiel: schwarz weiss grau [Jogo de Luz: Preto, Branco, Cinzento], 1930
◉ Robert Breer, Homage to Jean Tinguely’s Homage to New York [Homenagem à “Homenagem a Nova Iorque ” de Jean Tinguely], 1960
◉ Maya Deren, A Study In Choreography for Camera [Estudo de Coreografia para Câmara], 1945
◉ Maya Deren, Ritual in Transfigured Time [Ritual no Tempo Transfigurado], 1946
*todos os filmes acima listados são distribuídos pela Light Cone, Paris
◉ Gabriel Abrantes, Les Extraordinaires Mésaventures de la Jeune Fille de Pierre, 2019
Distribuído por Portugal film, Portuguese film agency

Horário: domingo às 17h00 / Duração: 50 min. / Lotação: 35 pessoas
Acesso: gratuito

FESTA NA GALERIA COM SEGMENTA
DJ’s Joana Martins e Gonçalo Neto (tcp Terzi) comissariam a seleção musical da festa de encerramento na exposição.

“Desde 2009 que Gonçalo Neto tem vontade de pôr conhecidos e desconhecidos a dançar, e a única linha que o conduz a fazê-lo são as longas horas por dia que passa a descobrir música nova e aliar isso à leitura da pista. Os seus sets primam por um ecletismo que tem as suas principais bases no House e no Techno. E é no Porto, em 2015, ao lado de Joana Martins, que cria as festas da Segmenta”.

Terzi está no soundcloud 

Horário: domingo 18h00-20h00 / Lotação: 100 pessoas
Acesso: gratuito

A exposição é possível pela generosa colaboração de museus e instituições de referência que cederam obras para a exposição, nomeadamente Cabinet London (UK), Center for Visual Music (USA), centre Georges Pompidou (FR), Centre National de La Dance (FR), Electronic Arts Intermix (USA), Film Makers Coop (USA), Frenetic Films (CH), Museu de Arte Contemporânea de Serralves (PT), Museo Reina Sofia (ES), LUX (UK).

Conta com o apoio da DGARTES/República Portuguesa.

Visita à exposição pela curadora / Vídeo: Paulo Cunha Martins

Vistas de exposição © Dinis Santos

Folha de sala PT



Download

Folha de sala EN



Download