Ninguém. Só eu

Residência artística
Ninguém. Só eu

Ninguém. Só eu é um projeto de residência coordenado por Antonia Gaeta em torno da exposição Jaime: “vi uma cadela minha com lobos”. Os artistas residentes são Ana Manso, Ana Santos, Belén Uriel, Francisca Carvalho, Jorge Queiróz, Mattia Denisse, Sérgio Carronha, Susanne Themlitz e Tropa Macaca.
Experiência restrita; Descrições extensas; Complementaridade entre experiência e descrição; Imaginação e memória, eis as linhas de força que Antonia Gaeta propôs que os artistas atendessem.

Residência e apoio à criação artística que dará lugar a uma exposição a ser apresentada em 2022 no Centro de Arte Oliva​

Jaime Fernandes. Sem título, n.d. [1960-1969] . Col. particular, Portugal © Paulo Cunha Martins

Antonia Gaeta é uma curadora independente que tem vindo a desenvolver inúmeros projetos de curadoria em que trabalha de forma muito próxima com os artistas. É também uma das raras curadoras do país com um profundo conhecimento da arte bruta/outsider. Desenvolveu projetos de exposição com a coleção de arte Bruta Treger/Saint Silvestre no Centro de Arte Oliva, na Trienal de Arquitectura em Lisboa e na Casa Encendida em Madrid.